Laboratório de Percussão Corporal para Canto Coral


O Laboratório de Percussão Corporal para Canto Coral surge com o propósito de trabalhar entendimento rítmico, percepção e consciência corporal e coordenação motora, a fim de possibilitar o desenvolvimento de ferramentas percussivas dentro do ambiente dos coros, principalmente a percussão corporal.

As aulas serão conduzidas por Federico Trindade, especialmente quanto à percussão e percussão corporal, bem como por Juliana Figueiredo e Rafaela Caporale, no que se refere à expressão e consciência corporal e ao entendimento do corpo em relação a cada ritmo apresentado.

A proposta é o aprendizado de diferentes ritmos, principalmente latino-americanos, suas claves e algumas células, além do trabalho, a partir desse entendimento, da fusão do corpo e da voz, com repertório, melodias ou ostinatos desenvolvidos para essa composição da voz cantada e da percussão corporal.

As aulas são voltadas para coralistas ou pessoas com experiência prévia em canto em grupo, uma vez que a proposta é aprofundar uma temática importante para o bom desempenho do/a coralista.

Sábados, das 15h às 16h30

Mensalidade: R$ 150,00

Para coralistas ou pessoas com experiência prévia em canto em grupo, a partir dos 15 anos

Contato: 51 992018621 (Juliana)



Foto por Rafa Costa
Foto por Bruno Koch

Federico Trindade


Graduado pela UFRGS em Regência Coral e mestre em “Music, Music Education, Rhythmic Vocal Leadership” pela Royal Academy of Music of Denmark (RAMA). É atualmente o único representante da RAMA na América Latina.


Atua, há 18 anos, como regente, professor, percussionista, cantor, compositor e arranjador. Ministra oficinas de música coral e de percussão corporal, cursos de improviso em grupo e de desenvolvimento de liderança musical, tendo sido convidado para realizá-las em diferentes cidades do Brasil, Uruguai, México, Alemanha, Espanha, Dinamarca e Inglaterra. Ministrou cursos de extensão em lideranças musicais alternativas na Universidade de Caxias do Sul (UCS/Caxias do Sul, RS).


Regente-fundador do Grupo UPA! (POA, RS), regente do Coral Juvenil do Colégio Teutônia (Teutônia, RS), regente do Movimento Coral e Instrumental Feevale (Universidade Feevale/Novo Hamburgo, RS), o Federico é o diretor artístico do ProjUpa! e trabalha, com a Juliana Figueiredo, no Upa! Jovem e no Upa!Lab e, com a Juliana e com a Rafaela Caporale, no Laboratório de Percussão Corporal para Canto Coral.



Foto por Rafa Costa

Juliana Figueiredo


Produtora cultural, advogada e estudante de Psicologia. Participou de grupos instrumentais, de teatro e de dança. Integrou o grupo Expresso 25 de 2015 a 2018. Estudou piano, bateria, ballet, dança contemporânea e técnica vocal. Produz o projeto cultural voltado para escolas vizinhas do Centro Cultural 25 de Julho, Gira-Arte. Integrante e coordenadora do Grupo UPA! desde 2016.


Coordenadora do ProjUpa!, a Juliana trabalha, junto com o Federico, nas aulas do Upa! Jovem e do Upa!Lab e, junto com ele e com a Rafaela Caporale, nas aulas do Laboratório de Percussão Corporal para Canto Coral.










Foto por Rafa Costa

Rafaela Caporale


Graduada no curso de Tecnologia em Dança pela Universidade de Caxias do Sul/RS e atualmente é graduanda do curso de Relações Públicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Trabalha como professora de dança nos espaços artísticos de Caxias do Sul e região, atuando principalmente com as linguagens de danças urbanas, jazz e ballet desde 2014. Em 2018 foi contemplada com a bolsa de estudos para o projeto Work in Progress: Montagem de Musical no Festival de Dança de Joinville/SC, sob direção de Allan Rezende (RJ). Produziu o espetáculo “Peter Pan” inteiramente autoral em 2019, ao lado de Adiana Weber e do Clube Cruzeiro em São Gotardo-RS, assinando a direção artística geral.


Desde 2010 participa do movimento coral, tendo integrado o grupo Cant’Arte de Caxias do Sul regido pela Anita Campagnolo até 2015 e atualmente sendo integrante do Grupo UPA! de Porto Alegre regido por Federico Trindade.





Aqui no ProjUpa! a Rafaela, junto com o Federico Trindade e a Juliana Figueiredo, trabalha no Laboratório de Percussão Corporal para Canto Coral.