Sarau do 25 em Casa - Nelson Coelho

• INGRESSO GRAUITO • EVENTO ONLINE •

Músico Nelson Coelho de Castro se apresenta em live exclusiva para o Centro Cultural 25 de Julho.



O Centro Cultural 25 de Julho, nos seus 70 anos de atividade, apresenta a nona edição do projeto Obra Comentada, em versão online, apresentando os músicos JOYCE MORENO e DORI CAYMMI para conversarem sobre o álbum RIO – BAHIA. O evento ocorrerá dia 17 de abril, às 16 horas, através da página do Youtube “OBRAS COMENTADAS – FELIPE ANTUNES”, link https://www.youtube.com/user/feantrio.


Proposta por Felipe Lacerda Antunes, coordenador e mediador do projeto, a parceria com o Centro Cultural 25 de Julho foi iniciada em plena quarentena. Felipe, que já acumula outros projetos similares na Rádio TCE-RS e em outros espaços culturais, provoca o diálogo sobre a obra selecionada através de entrevista com o artista.


Nascida no Rio de Janeiro, a cantora, compositora, arranjadora e instrumentista, Joyce Moreno tem em sua bagagem uma extensa discografia e cerca de 400 gravações de músicas suas por alguns dos maiores nomes da música popular brasileira, como Elis Regina, Maria Bethania, Monica Salmaso, Gal Costa, Milton Nascimento, Ney Matogrosso, Edu Lobo, Emilio Santiago, Boca Livre, Nana Caymmi, Zizi Possi, Elizeth Cardoso, Simone, Leny Andrade e muitos outros. Na área internacional, tem sido gravada por nomes de peso como Annie Lennox, Wallace Roney, Omara Portuondo, Black Eyed Peas, David Sanchez, Jon Lucien, Claus Ogerman, Gerry Mulligan, Till Brönner, Flora Purim e outros...


Dori Caymmi é filho de Dorival Caymmi e Stella Maris e irmão de Nana e Danilo Caymmi, desde a infância estudou piano, violão e teoria musical. Seu primeiro trabalho como profissional foi acompanhar a irmã Nana ao piano. Suas influências principais foram a música de Dorival Caymmi, João Gilberto, Tom Jobim e o norte-americano Barney Kesser. Ainda jovem, começou a compor trilhas sonoras para programas de televisão e peças de teatro. Nos anos 60 foi também produtor arranjador e diretor musical. Sua atuação como compositor é destacada, e nos festivais dos anos 60 teve músicas defendidas por MPB-4 ("Cantigo"), Nana Caymmi ("Saveiros", com Nelson Motta) e Elis Regina ("O Cantador", com Nelson Motta) alem de parceria com Chico Buarque e Paulo César Pinheiro como um de seus principais parceiros. Nos anos 70 trabalhou mais as trilhas para cinema e televisão, e na década de 80 a convite do Quincy Jones, dedicou-se mais ao mercado norte-americano, onde passou a trabalhar como arranjador e compositor, radicado em Los Angeles. Sua maneira de tocar violão, com afinações pouco convencionais, e suas harmonias criativas o projetaram internacionalmente. Outros de seus sucessos foram "De Onde Vens" (com N. Motta), gravada por Elis e Nara Leão, e "Festa", gravada por Jair Rodrigues, Elis e Sergio Mendes, “Saudade de Amar” (com Paulo César Pinheiro) Grammy de melhor canção brasileira


Desejamos a todos que curtam o evento e que estejam sempre atentos aos cuidados com sua saúde.