BANNER-TOPO-QUEM-SOMOS.jpg

QUEM SOMOS

CONHEÇA A HISTÓRIA DO CENTRO CULTURAL 25 DE JULHO

Após o término da segunda grande guerra foi organizada, a partir de 1947, no sul do Brasil, a ação ecumênica de ajuda humanitária “Socorro à Europa Faminta – SEF“, através da qual navios com gêneros de primeira necessidade foram enviados à Alemanha. Em 1951 os integrantes da SEF receberam carta do primeiro presidente alemão da então República Federal da Alemanha, Theodor Heuss, informando que já não havia necessidade de mais ajuda e expressando seu agradecimento em nome do povo alemão. Acompanharam a carta dois candelabros em metal, com os dizeres: Dankspende des Deutschen Volkes – 1951 (Agradecimento do povo alemão – 1951). Os candelabros integram o acervo histórico do Centro Cultural 25 de Julho.

Encerradas as ações de auxílio, o Padre Balduíno Rambo, juntamente com o pastor Fritz Vath, embalados por movimento existente de recuperação dos elos da comunidade germânica no estado, e acompanhados por cerca de dezena de outros integrantes do extinto SEF, resolveram criar entidade de cunho exclusivamente cultural em Porto Alegre. Foi assim que surgiu o embrião do Centro Cultural 25 de Julho, tendo o dia 07 de agosto de 1951 como a festejada data de criação.

Sobre a denominação dada à nova entidade, trata-se de referência e reverência à data de chegada dos primeiros imigrantes em solo gaúcho. O dia 25 de julho de 1824 é considerada a data oficial do início da Imigração Alemã no RS.

A primeira sede foi alugada, na avenida Cristovão Colombo, em frente à Cervejaria Brahma. Em 1960 foi inaugurada sede própria, construída em terreno adquirido da chácara da família Petersen, onde permanece até os dias atuais.

São muitos os grupos e projetos que movimentam nossa casa nos dias atuais, o que pode ser verificado num passeio atento pelo nosso site.

Seja muito bem-vindo!

Faça parte do Centro Cultural 25 de Julho de Porto Alegre e tenha muito benefícios em nossas atividades. Deixe os seus dados abaixo que entraremos em contato o mais breve possível.

ASSOCIE-SE

Obrigado pelo envio!